Pesque

Carregando...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

O uso do Twitter na política

Toda e qualquer sociedade é marcada por muitas transformações. A partir de novas tecnologias de comunicação, o ser humano vem tendo seus sentidos estimulados e sua relação com o outro tem sido alterada. Nesse período tem havido uma maior construção de conhecimentos o que possibilita um novo modo de pensar, novas experiências e uma organização de poder mais apurada e democrática, em que grupos minoritários impõem seus discursos, gerando fragmentações de poder.
A internet possibilita múltiplos sentidos e interpretações, o que gera infinidades de perspectivas sobre um mesmo assunto. São nas redes sociais que pessoas escrevem análises, pensamentos, críticas, dentre outras formas de linguagem, que servem como distribuidores de conselhos e informações relevantes para toda sociedade. Atualmente o número de pessoas que estão em cargos de decisão no governo e pessoas que almejam esses cargos, utiliza dessas ferramentas para manter um contato mais direto com seu eleitor, principalmente a geração mais jovem.
Hoje em dia o Brasil é considerado o país mais sociável de toda a internet e do mundo, segundo informações dadas pela revista Época do dia 31 de maio de 2010. A média de amigos virtuais no país é de 365 pessoas por usuário, já em outros lugares do mundo de somente 195. Nessa participação, estão incluídos indivíduos de todas as classes sociais que utilizam a internet, seja por intermédio da lan house de seu bairro, da escola ou da casa de um amigo, e o primeiro contato com a internet tem sido por meio das redes sociais.
Nas redes sociais pode-se observar uma nova forma de dialogismo, socialização e interação em que há uma revelação das verdadeiras formas de linguagens. “Dessa maneira, poderíamos afirmar que a essência da concepção dialógica da linguagem funda-se na percepção e no permanente contraste entre eu/outro, no encontro das diferentes maneiras de ser. Por isso, a língua não pode ser um construto interno que emana do ser nem tampouco um sistema cujas leis de funcionamento independem os indivíduos.”, afirma a professora Ariadne Jacques em sua dissertação de mestrado Concepções de linguagem: uma opção política.
Com o slogan "What's happening?", ou seja, "O que está acontecendo?" o Twitter é um gênero de rede social, com características de microblogging, uma forma de publicação que permite aos usuários fazerem atualizações breves, em forma de texto e publicá-las para que sejam vistas publicamente. Uma rede que serve de exemplo para entender o que o círculo de Bakhtin diz sobre um sujeito produtor de linguagem, de enunciados e de discursos.
Com um passarinho azul em seu logotipo, o Twitter foi desenvolvido por Evan Williams, Biz Stone e Jack Dorsey e lançado no ano de 2006, nos Estados Unidos. Essa rede social com servidor para microblogging permite aos usuários enviar e receber atualizações pessoais de outros contatos. Essas atualizações são exibidas no perfil de um usuário em tempo real e também enviadas para outros usuários, que se tornam seguidores e tem a possibilidade de respondê-las e travando um diálogo.
A idéia original de criação do Twitter nasceu em 1997, quando Jack Dorsey se inspirou no trabalho que fazia para tornar esse serviço tão simples que o usuário não pensasse no que estava fazendo, bastava apenas digitar algo, e enviar. Desde sua criação ganhou extensa notabilidade, utilizado por milhões de pessoas tem grande popularidade por todo mundo, tendo como maiores utilizadores “os ingleses, irlandeses, americanos, brasileiros, canadenses, australianos, portugueses e holandeses”, segundo o blog Mundo das Marcas.
Segundo dados da revista Época o principal grupo da rede são jovens de 18 a 24 anos, executivos, blogueiros, pessoas da área de Comunicação e Marketing. O microblogging cresce no mundo inteiro e o Brasil já está com média de 9,8 milhões de usuários, 27% do total de usuários da rede. É uma forma bem clara de dialogismo, pelo modo que o usuário pode dizer e ainda ver o que os outros têm a dizer sobre o que foi escrito, responder e replicar uma determinada mensagem de um usuário para a lista de seguidores, dando crédito a seu autor original, uma forma pregada pelos pensadores do círculo bakhtiniano.
O Twitter mostrou-se inovador com simplicidade, capaz de agilizar processos e reduzir custos. Além de ser eficiente na velocidade de informar e na capacidade de difundir conteúdo, propagando com rapidez o conhecimento. É utilizado como meio de divulgação de campanhas sociais e também como grande transmissor de fatos não previstos.
Um grande exemplo de fatos transmitidos por meio do Twitter foi o desastre ocorrido em abril de 2010, no Rio de Janeiro, onde um temporal alagou diversas partes da cidade e através do Twitter foi capaz de orientar a população usuária do mesmo na volta para casa na maior segurança possível. Outro exemplo foi durante o Apagão elétrico de 2009, as primeiras informações das regiões atingidas pelo blecaute foi fornecida através dos usuários do microblogging, por meio de postagens via celular, e lida por emissoras de rádio que faziam plantão naquele momento.
A ferramenta também esteve presente no debate político e na movimentação da oposição durante as eleições presidenciais no Irã em 2009. E teve grande destaque na campanha presidencial de Obama. Foi nessa rede que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se tornou o político mais influente dos últimos tempos, segundo dados do site Vote Brasil. Sua influência se deu não apenas pelo número de seguidores, mas também pelas atividades executadas por Obama, que teve uma ligação muito direta com seus seguidores.
Obama antes de despontar nas redes era um simples senador desconhecido do grande público e venceu a presidência norte-americana quebrando tabus, utilizando as principais redes sociais da internet para aumentar sua popularidade. Foi esse o exemplo que os velhos e novos políticos, principalmente da cena brasileira, tomaram por espelho, vendo tal meio como forma de estratégia eleitoral.
Tudo isso porque a internet tem possibilitado a formação de novas formas de interação, organização e atividades sociais, graças as suas características básicas, como o uso e o acesso difundido. Essas redes têm criado uma nova forma de socialização e interação, mostrando que atendem aos diversos indivíduos, desde as estruturas familiares até o nível dos países, permitindo analisar a forma como as organizações desenvolvem a sua atividade.
A Internet fez a diferença na eleição presidencial dos Estados Unidos e o site Vote Brasil mostra uma tabela de como os candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) estão se relacionando com as redes sociais. No Twitter, que é nosso objeto de estudo, o tucano tem quase cinco vezes mais seguidores do que a petista. Serra tem 218.300 pessoas que acompanham suas mensagens. Já Dilma conta com 45.207 um número que pode ser alterado rapidamente, visto que Dilma Rousseff conta com os trabalhos de Scott Goodstein, Joe Raspars e Andrew Paryze, que trabalharam para Obama com a meta de manter e elevar a agressividade online e também com o militante do software livre Marcelo Branco. Já José Serra tem deixado nas mãos de Eduardo Graeff a tarefa de fazê-lo dominar a campanha virtual. A interatividade com o eleitor e internauta, que a rede permite, é um dos fatores que atualmente muitos políticos têm buscado.
Não há política que não passe pela linguagem e a linguagem não é apenas um meio, mas um instrumento capaz de transmitir ao destinatário uma determinada mensagem, já pregava o círculo bakhtiniano. Portanto é necessário atentar para o fato de que o que se diz não tem volta e logo se difunde. No Twitter a palavra se reproduz com uma velocidade ainda maior através dos retweets.

Bibliografia:

• Jacques, Ariadne. Concepções de linguagem: uma opção política. Dissertação de mestrado. Rio de Janeiro, UFRJ, 2000.
• Revista Época – 31 de maio de 2010 – N° 628
• Sites: Consultados no dia 08 de Junho de 2010
http://mundodasmarcas.blogspot.com/2009/02/livraria-cultura.html
http://www.webartigos.com/articles/38732/1/Twitter-na-comunicacao-e-na-midia-televisiva/pagina1.html
http://www.votebrasil.com/noticia/politica/estrategia-vencedora-de-barack-obama-de-investir-em-sites-como-o-Twitter-e-espelho-para

Compartilhe

VIP - Very Important Posting

Perfeição: Elevação do Espírito.

Loading...